Polêmico? Obsoleto? Desnecessário? Enfim, o presente post não tem como objetivo discutir a qualidade do programa Big Brother Brasil. No entanto, é fato que o citado reality show fez escola para muitos empreendedores que viram no “inocente” entretenimento uma disciplina que merece toda a atenção de quem deseja triunfar nos negócios. 

Independente da edição do programa, de seus apresentadores, que já foram alterados várias vezes, ou dos integrantes da “casa mais vigiada” do país, um elemento se fez sempre presente: a reputação.

Embora seja um tema que está em evidência na atualidade por conta da era digital, se a gente parar para refletir, não é de hoje que o conceito de reputação está em toda parte. O que mudou com a passagem do tempo foram os meios de acesso a essa informação, que se tornaram mais democráticos e globais.

Mas voltando ao foco, o programa Big Brother Brasil, relacionamos neste artigo alguns dos pontos que a atração, já em sua 18ª edição, tem a nos ensinar e que definitivamente todo colaborador deveria aprender. Vem “dar uma espiadinha”!

“Estamos de Olho”

É, a máxima é do programa, que prega que o público está atento a tudo o que acontece dentro da casa. A verdade é que no contexto dos negócios o cenário não é muito diferente: consumidores e potenciais clientes também estão de olho na experiência que a sua empresa tem proporcionado.

Através das avaliações online, que crescem dia após dia de maneira desenfreada, as pessoas têm formado as próprias opiniões com base nas vivências alheias. E dependendo do que é observado, o seu estabelecimento pode acabar no “paredão” e ser eliminado do mercado.

Big Boss

O conteúdo que aparece na televisão para você é uma seleção de imagens feita por uma equipe de edição. Mesmo nos canais 24 horas do programa, existe um responsável que conduz todo o material que vai ao ar. 

Tá bom, isso não é novidade. Mas você abomina essa atitude?

Veja bem: nos negócios, o “Big Boss” é você. Ao se dedicar para que a sua empresa esteja entre os primeiros resultados de pesquisa, você direciona o olhar do consumidor. Ou seja, todo o trabalho de otimização para mecanismos de buscas, sejam orgânicos (SEO) ou pagos, diz respeito à mesma engenharia. 

Paredão 

Trata-se do evento de expulsão de um “brother” ou “sister”. Na realidade, é nada além de um recurso de interação com o público – talvez, o mais evidente do programa, mas não o único.

Nos “bastidores”, a comunicação rola solta por meio do site oficial, de blogs, das intermináveis redes sociais e do SAC da emissora. O contato é uma constante e todo dado é levado em consideração de modo a melhor servir a audiência.

É, o sucesso da sua empresa também depende dos feedbacks e do seu engajamento com a clientela. A interação permite não só preparar mas, em especial, ajustar o seu produto ou serviço para agradar a freguesia.

Liderança

Ah, o poder, a autoridade.. Não é apenas no reality show que as pessoas aspiram pela posição de líder. E tanto no jogo quanto nos negócios, não há “estalecas” suficientes que comprem tal status. Em ambos os casos, é preciso passar por provas de habilidade, de resistência e de superação. 

Os desafios nem sempre são os mesmos na vida do empreendedor e cada um deles merece atendimento adequado e exclusivo. É justamente dessa desenvoltura do player que deriva a tão desejada condição de líder. Ou seja, muito mais como uma consequência dos atos do que de uma meta preestabelecida.

Fama 

Confinados em uma casa e privados de qualquer tipo de notícia, a maior preocupação dos participantes do Big Brother Brasil é com a imagem que eles estão passando na telinha. Isso porque os integrantes sabem que qualquer comportamento que afete suas reputações pode interferir nos seus planos de vencer.

Assim também funciona com as empresas de qualquer ramo ou porte. Você, aí, empreendedor, que não está recluso nem impossibilitado de acessar a internet, sabe o que seus clientes estão falando do seu estabelecimento? Com que frequência você monitora tais informações? Você responde a todos os feedbacks, digamos, nos principais canais de contato? 

Se você não está preocupado com a sua fama, está na hora de repensar a sua atitude. 

Big Brother Brasil & Reputação

A vida real não é um jogo, mas as lições que o Big Brother Brasil nos ensina, por vezes, nas entrelinhas, podem, sim, ser usadas para vencer na jornada do empreendedorismo.

Ao abordar a indispensável produção de material, a vital interação com o público, a indiscutível manipulação do conteúdo (não necessariamente em seu sentido pejorativo),  além das questões que giram em torno de fama, metas e resultados, o programa não só apresenta um evidente paralelo com os negócios, mas nos presenteia com o passo a passo de como triunfar.

Tais elementos, quando trabalhados harmonicamente, delineiam uma forte estratégia de marketing cujo claro intuito é gerar mais receita. E toda essa articulação diz respeito a um único mecanismo ao qual damos o nome de gestão da reputação.

É, e na geração da presença online, a imagem que você passa está ainda mais em destaque. É da reputação que parte a maioria da transações comerciais nos dias de hoje.

Por isso, não negligencie sua fama: foque na solução de problemas, use com sabedoria artimanhas para evidenciar seus pontos fortes, compreenda que títulos são frutos, e não propósitos, e acima de tudo lembre-se de que todos estão sempre de olho.

No jogo ou nos negócios, não basta ser mediano para vencer. O prêmio sempre vai para quem sabe ser extraordinário!

Aproveite e dê o 2º passo na jornada do seu sucesso..

Descubra “Qual a melhor estratégia de vendas?” e saia aplicando no seu negócio!

Sobre o autor

Tatiana Pinheiro

Deixar comentário.