Leia em: 2 minutos

 

Alagamento – Nessa situação, surge aquela dúvida: será que dá para passar? Seu carro pode sofrer bastante com isso!

Dependendo do nível da água, ela pode atingir o motor do veículo, criando um problema chamado calço hidráulico, isto é, a invasão da água no interior do motor, provocando um travamento abrupto e consequentemente empeno ou até a ruptura de uma peça importante do motor chamada “Biela”. Essa mesma água suja da rua também contamina o óleo do motor e causa panes no sistema de transmissão – a famosa caixa de câmbio.

O que fazer, então, quando o carro está parado em um local que sofreu alagamento?

O melhor, mesmo, é não passar pelo trecho alagado. Mas, se você estiver parado e a água avançar, desligue o motor e a ignição para evitar danos maiores no conjunto.

Não ligue o motor após o alagamento. Nesse caso, o veículo deverá ser levado de guincho até uma oficina especializada para as devidas verificações. Se tentar passar pelo trecho alagado e o carro apagar o motor, não dê a partida novamente. Você pode piorar ainda mais os problemas causados na parte mecânica.

Atenção: A ideia de seguir o rastro de outro carro é um mito. A água pode voltar em formato de onda e danificar o sistema elétrico do automóvel.

Caso o seu carro tenha passado por uma situação dessas, leve o veículo até uma oficina. Será necessária a substituição do óleo do motor e descobrir se a água não atingiu setores de admissão de ar, como filtro de ar, dutos e coletoras. A oficina também fará uma análise para identificar se o veículo teve algum dano em peças como “Bielas” e “Pistões”.

Gostou do artigo?

Curta nossa fanpage e fique por dentro de todo o conteúdo que a FalaAuto oferece!

 

Leia também nosso material sobre Embreagem – Como aumentar a vida útil?

Sobre o autor

José Olavo

Deixar comentário.